Qualidade Ambiental e Regulação

« Voltar

Objetivos

Pretende-se manter o carácter interdisciplinar e transdisciplinar do curso, centrando-se as temáticas abordadas em questões da física, biofísica, ciências do ambiente, nomeadamente nas questões atmosféricas, ruído, qualidade ambiental, mas também nas questões relacionadas com o património cultural e a regulação natural dos ecossistemas bem como nos mecanismos legais da sua proteção constantes na legislação em vigor.

Dotar os alunos de competências no domínio ambiental a fim de adquirirem capacidades de produzir grelhas de avaliação qualitativas ou quantitativas de indicadores ambientais, de modo a que também possam participar em estudos de impacto ambiental e por outro lado possam captar, através de metodologias adequadas e de forma mais abrangente, especificidades dos ecossistemas que possam produzir atratividade turística.

Pretende-se que os alunos sejam capazes de planear um trabalho de investigação com metodologia adequada de modo a elaborar uma comunicação de cariz científico.

Programa

1. Som.

1.1. Características físicas do som e efeitos biofísicos do som na avifauna e nos seres humanos.

2. Luz e propriedades da luz: Efeitos biofísicos da luz e impactos ambientais.

3. Qualidade do ar. Indicadores da qualidade do ar e poluentes atmosféricos. Efeitos no clima e na saúde.

4. Paisagem e património.

4.1. Lei de bases do património.

4.2.  Metodologias de investigação na área do património.

5. Património imaterial, Memória e recuperação da memória.

5.1.  A etnobotânica.

Lei de bases do ambiente. Legislação ambiental de gestão do território e controlo de poluição.

Métodos de ensino

Os métodos a adotar nas aulas implicam a conjugação entre a exposição e explanação dos conteúdos, com base na observação e análise de imagens, o levantamento de questões dirigidas aos alunos ou o esclarecimento das colocadas por estes.

Nas aulas TP, procede-se à análise de documentos e legislação, interpretação e análise de problemas e construção de grelhas de observação de uma determinada realidade a ser visitada em aula de campo. As aulas ainda incluem aulas de laboratório onde são promovidas competências técnicas de manuseamento de aparelhos e sistemas de análise para verificação e comprovação de conceitos apreendidos ou para descoberta de novas perspetivas, incluindo produção de dados para a produção de um paper de cariz científico.

Bibliografia

Newman, J. 2008. Physics for the life Sciences. Springer.

Pardo-de-Santayana, M., Pieroni, A. and Puri, R. (Editors) 2010. Ethobotany in Europe: People, Health and Wild Plant Resources. Berghahn. New York.

Dias, J. & Mendes, J. 2006. Legislação Ambiental: Sistematizada Ambientalmente. Coimbra Editora.

Código

0105763

ECTS

6

Aulas

  • Teóricas - 30 horas
  • Teórico-Práticas - 30 horas

Método de Avaliação

  • Assiduidade e Participação: 5%
  • Duas Frequências: 55%
  • Seis relatórios práticos de trabalhos de campo ou laboratoriais: 30%
  • Trabalho de investigação: 10%